Clubes Bíblicos
Motivando gerações para multiplicar discipuladores
Hora Silenciosa

Semana 8 - Segunda-feira

Uma nova identidade em Cristo

Texto (tradução - NVI):

Romanos 1.16, 17
 16 Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego. 17 Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: "O justo viverá pela fé".

Comentário:

Há algumas palavras-chaves nesse trecho: evangelho, Cristo, salvação, justiça, justo e fé. O termo evangelho é uma junção de duas palavras gregas que significam “boa” e “mensagem”: “boas notícias”. Quais são essas boas notícias? A resposta é: a justiça gratuita mediante a fé em Cristo. Vamos à explicação. Justiça significa retidão, agir de acordo com a lei divina. Assim, basicamente, todo aquele que obedece perfeitamente à lei é justo. Todavia, a Bíblia deixa claro que “não há um justo sequer” (Rm 3.10), pois “todos pecaram” (Rm 3.23). Por isso, todos estão condenados à morte eterna, a ficarem longe de Deus para sempre (Rm 6.23). Certamente essa é uma má notícia. É aí que entra o evangelho! Para que nem todos os homens fossem condenados, Deus Se fez homem, morreu e ressuscitou, para substituir os pecadores e pagar o preço de seus pecados (2Co 5.15). Todos os que creem em Jesus têm acesso a esse presente e são declarados “justos” diante de Deus. Assim, eles não serão condenados, mas terão a salvação – a comunhão eterna com Deus. A salvação não é fruto de boas obras que fazemos, mas alcançada por causa da graça de Deus e por meio da fé em Cristo, “como está escrito” (v. 17).

Onde você passará sua eternidade, ao lado de Deus ou longe dEle? A resposta está diante de você. Leia João 3.16-18, 36 para auxiliá-lo nessa reflexão. Depois, arrependa-se dos seus pecados e creia que Jesus é o único Deus verdadeiro que pode lhe dar a vida eterna (1Jo 5.20).

O texto acima foi extraído do Diário de Hora Silenciosa Jovem. Para adquirí-lo, clique aqui.