Clubes Bíblicos
Motivando gerações para multiplicar discipuladores
Hora Silenciosa

Semana 38 - Quinta-feira

Operários em obras

Texto (tradução - NVI):

Atos 18.1-11
 1 Depois disso Paulo saiu de Atenas e foi para Corinto. 2 Ali, encontrou um judeu chamado Áqüila, natural do Ponto, que havia chegado recentemente da Itália com Priscila, sua mulher, pois Cláudio havia ordenado que todos os judeus saíssem de Roma. Paulo foi vê-los 3 e, uma vez que tinham a mesma profissão, ficou morando e trabalhando com eles, pois eram fabricantes de tendas. 4 Todos os sábados ele debatia na sinagoga, e convencia judeus e gregos. 5 Depois que Silas e Timóteo chegaram da Macedônia, Paulo se dedicou exclusivamente à pregação, testemunhando aos judeus que Jesus era o Cristo. 6 Opondo-se eles e lançando maldições, Paulo sacudiu a roupa e lhes disse: "Caia sobre a cabeça de vocês o seu próprio sangue! Estou livre da minha responsabilidade. De agora em diante irei para os gentios". 7 Então Paulo saiu da sinagoga e foi para a casa de Tício Justo, que era temente a Deus e que morava ao lado da sinagoga. 8 Crispo, chefe da sinagoga, creu no Senhor, ele e toda a sua casa; e dos coríntios que o ouviam, muitos criam e eram batizados. 9 Certa noite o Senhor falou a Paulo em visão: "Não tenha medo, continue falando e não fique calado, 10 pois estou com você, e ninguém vai lhe fazer mal ou feri-lo, porque tenho muita gente nesta cidade". 11 Assim, Paulo ficou ali durante um ano e meio, ensinando-lhes a palavra de Deus.

Comentário:

A vida missionária é cheia de viradas inesperadas. O casal que Paulo encontrou em Corinto e com o qual trabalhou tornou-se ponto de referência para as igrejas com as quais colaborou. Áquila e Priscila devem ter sido discipulados durante as horas em que fabricavam tendas com Paulo. Então, sendo rejeitado pelos judeus, com a consciência limpa quanto a eles, Paulo dedicou-se aos gentios. Mesmo assim, a conversão de Crispo deve ter enfurecido ainda mais os judeus. EntãoO texto de hoje relata algumas viradas nesta segunda viagem missionária, após poucos resultados aparentes em Atenas e com a ida de Paulo a Corinto. São elas: Paulo passa a contar com um casal muito especial (v. 2); a equipe volta a se reunir (v. 5); Paulo muda sua estratégia em face da oposição dos judeus, voltando-se principalmente para os gentios (v. 6); o próprio chefe da sinagoga e sua família creem no Senhor (v. 8). Além disso, Paulo recebe de Deus uma mensagem clara, encorajando-o a continuar falando,, tranquilizando-o quanto à preservação da sua integridade física e prometendo-lhe sucesso, a qual deve ter sido um consolo nos eventos seguintes (vv.12-17) (vv. 9, 10). Por Apesar de tudo isso, Corinto foi a primeira cidade, durante esta viagem, na qual Paulo pôde permanecer mais tempo. Foi pelo menoscerca de um ano e meio de investimento que continua rendendo frutos hoje!

No dia em que Enquanto esta devocional eraé preparada, circulava a alegre notícia de que o pastor José Dilson e a missionária Zeneide, presos no Senegal por “converterem crianças” muçulmanas ao cristianismo, conseguiram a liberdade provisória. Conheça a história deles.! Ter o privilégio de ser usado por Deus em Sua obra envolve não somente só grandes batalhas, mas também momentos de refrigério, proporcionados por Deus e necessários à nossa saúde física, emocional e espiritual. Neste diaHoje, enquanto você medita na Palavra, que Deus lhe proporcione alívio em meio às lutas da sua caminhada com Ele. Lembre-se do Salmo 23 e louve ao Senhor pelo cuidado pastoral dEle sobre a sua vida!

O texto acima foi extraído do Diário de Hora Silenciosa Jovem. Para adquirí-lo, clique aqui.